Youtube Cozinha Pra 1

Comer mais saudável é possível!

Já estamos em pleno mês de março, por isso é provável que você tenha esquecido suas resoluções de Ano novo lá em janeiro. Se uma de suas resoluções era comer melhor em 2014, ter uma dieta mais saudável, comer mais refeições caseiras, então estou aqui para te ajudar com dicas simples que farão a diferença no seu dia-a-dia.

Fuja dos pré-prontos

Procure preparar refeições do zero, ou seja, de ingredientes que não são misturas para facilitar sua vida, acredite, você pode até passar menos tempo na cozinha, mas seu corpo vai sentir a diferença depois, além do que fazendo você mesmo a refeição, você pode controlar o sódio, a gordura e outras coisas que deixarão sua refeição beeem mais saudável!

Varie

É muito fácil cair na mesmice na cozinha, sempre cozinhar os mesmos pratos te deixa na sua área de conforto, não estou dizendo para você nunca mais fazer seus pratos favoritos, mas se você variar, além de aprender muito mais e desenvolver suas habilidades na cozinha é muito mais fácil seguir uma dieta quando tem algo novo todo dia para você experimentar, torna a alimentação muito mais divertida. Você pode me falar, mas onde eu vou encontrar essas receitas diferentes? Hoje com o advento da tecnologia é muito mais fácil, uma infinidade de receitas estão disponíveis na internet, em vídeos no youtube, como os do Cp1 ;) , livros e até aplicativos de culinária para o celular.

Use o planejamento ao seu favor!

Uma ótima dica para te ajudar a comer melhor é PLANEJAR. Use algum tempo do seu fim de semana, tenho certeza que será rapidinho, e depois você ganhará prática, o que tornará ainda mais fácil. Neste tempinho escolha os pratos que você vai preparar na semana, e eu te digo que é possível definir a lista de compras semanais sem tocar nas refeições pré prontas, sei que é tentador, mas seja forte!

Se você já tiver planejado com antecedência quais os ingredientes que você precisa para a semana e não viajar demais além de sua lista de compras , você pode evitar desperdicios, economizar algum dinheiro e também calorias.

Desafie-se

Por que não se desafiar a provar um vegetal ou fruta novos toda semana? Seria um desafio? Então tente!    

Pequenas mudanças que fazem a diferença

Se você não estiver pronto para atualizar seu repertório de receitas, você pode fazer algumas pequenas modificações suaves nas receitas que você já conhece para tornar sua refeição mais saudável, como: substituir macarrão que você normalmente usa por uma versão da massa integral (o que vai trazer muito mais fibras para sua refeição), usar carne magra (como o patinho) ou adicionar mais alguns vegetais em sua refeição habitual.

Essas foram as minhas dicas e força na saúde galera! É melhor gastarmos dinheiro com alimentação saudável do que depois gastarmos com remédios!

Add a comment Add a comment

Saiba os alimentos que mais contem agrotóxicos

 

Os agrotóxicos são substâncias que servem para impedir a ação do que prejudica a plantação, tal como insetos, bactérias e fungos e ajudam os vegetais e frutas a se desenvolverem mais, tornando a plantação mais rentável. Mas o agrotóxico não traz só coisas boas, eles são feitos de produtos químicos muito fortes que a planta absorve transmitindo diretamente para o alimento que consumimos. Então, enquanto achamos que estamos fazendo uma alimentação saudável na verdade estamos ingerindo alimentos cheios de coisas que prejudicam nossa saúde, contribuindo para o desenvolvimento até de doenças graves como o câncer, problemas neurológicos, doenças do sistema nervoso e má formação fetal.

Recentemente a ANVISA publicou uma lista com a porcentagem de contaminação por agrotóxico de cada alimento. Em 2010, foi usado 1 milhão de toneladas de agrotóxicos em lavouras do país. Ou seja, 5 kg por brasileiro. E é espantoso observar que os 5 mais contaminados são os alimentos bastante presentes na mesa do brasileiro.

 

Essas porcentagens representam a quantidade de alimentos produzidos impróprios para o consumo.

 

É sempre importante lembrar que lavar retira o excesso de agrotóxicos acumulados na casca do alimento, portanto uma boa higienização pode amenizar esse efeito, mas não pode retirar o que já foi absorvido pelo alimento.

Para higienizar corretamente os alimentos siga o seguinte processo: Lave folhas e hortaliças por um minuto com esponja e detergente neutro, sempre tire as folhas externas das verduras, elas concentram mais agrotóxicos e para as frutas lave com água corrente e sabão em abundância enxaguando bem e retirando a casca.

Se você puder consuma alimentos orgânicos de produção local, procurando sempre saber o processo que o alimento passa até chegar á sua mesa. Caso não tiver acesso, tente evitar os alimentos mais contaminados da lista, hoje não vemos problemas, mas tenha certeza que o seu corpo no futuro refletirá suas escolhas de agora.

 

Fonte: Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos de Alimentos da Anvisa.

 

 

Add a comment Add a comment

Alimentos que ajudam a eliminar a gordura localizada

O verão vem chegando o que nos faz pensar como perder aqueles quilinhos a mais adquiridos o ano todo, principalmente nas festas, mas o Cp1 tá aqui para te dar essa dica de alimentos que ajudam a eliminar aquele velho vilão, a gordura localizada! 

Não é segredo que a chave é a boa alimentação, ingestão de muita água somada à atividade física. Um fato que poucos sabem é que a gordura do abdômen é bem mais fácil de perder do que a do bumbum ou das coxas, que provavelmente tem contribuição da sua genética.  Se você fizer essas coisas mais cedo do que pensa o resultado estará ai no seu corpitcho, o verão nos deixa mais ativos e as férias são uma ótima época para mudança de hábito, pois sua rotina é mais leve.

Agora os alimentos que te ajudarão nesse caminho:

 

 

Lembra daquela frase, uma maçã por dia mantém o médico longe? A maçã limpa o organismo, elimina os radicais livres e é rica em antioxidantes. Os polifenois ajudam de neutralizar as moléculas dos radicais livres.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aposte nos alimentos integrais como: Macarrão, arroz, granola, linhaça, gérmen de trigo e soja.

Eles não aumentam o índice de glicose no sangue de forma tão brusca como suas versões mais consumidas.

 

 

 

 

A banana é a melhor opção para quem está querendo emagrecer, ela ajuda a prolongar a sensação de saciedade, além disso, possui triptofano, que controla a compulsão por doces.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Alimentos que aceleram o metabolismo como: pimenta vermelha, alho, chá verde.

Por causa dessa propriedade eles ajudam na queima calórica.

 

 

 

 

 

 

 

Outros aliados são os Peixes e frutos do mar. Eles são ricos em ômega 3 e são poderosos anti-inflamatórios.

 

 

 

 

 

Curtiu? Não perca nossas dicas e curiosidades! Sempre uma novidade para vocês! E bora se movimentar!!!

Add a comment Add a comment

Você sabe o que é trofologia?

Não, trofologia não é o estudo dos trofos! hahahaha Brincadeirinha!

A palavra deriva do grego trophé (nutrição) e de logos (tratado). A Trofologia é a ciência que nos ensina a manter ou a restabelecer a Saúde através da alimentação.

Trofologia é a saúde através da alimentação, garanto que todos já pensaram algum dia em fazer uma reeducação alimentar ou apenas ter mais hábitos saudáveis e perceberam que não é tão fácil assim com tantos alimentos industrializados para facilitar o dia-a-dia cada vez mais corrido, que não são tão saldáveis quanto pensamos.

E sabemos que tudo que consumimos reflete no nosso corpo, fato que muitas vezes "esquecemos".

 

A trofologia tem enfoque individual, cada paciente tem sua terapia personalizada. E a parte mais prática, é que não precisamos necessariamente de um profissional para utilizarmos essa ciência, basta sabermos escutar nosso corpo, entender a digestão e saber como os alimentos podem contribuir ou atrapalhar. Essa sabedoria vem desde a Grécia antiga, foi praticada por sábios como Sócrates, Platão e Hipócrates.

 

De acordo com a trofologia os seguintes alimentos são recomendados para uma boa digestão e longevidade:

Frutas frescas como morangos (eliminam o ácido úrico e promovem a manutenção das articulações), pêssegos (ajudam a purificar o sangue e a tonificar o organismo), ameixas pretas ou amarelas (tem propriedade laxantes), melões (ajudam o intestino na evacuação e ajudam os rins), melancias (ajudam os rins).

Oleaginosas como azeitonas e castanhas diversas (eliminam do nosso corpo todas as toxinas e nos tornam imunizados contra muitos "venenos" alimentares, como os radicais livres)

Folhas verdes como couve, alface, repolho, alcachofra, couve-flor, acelga, espinafre, aipo

Raízes como nabo, cenoura, batata doce, cebola, alho, aspargo

Gãos como ervilhas, feijões, lentilhas, favas

Cereais com propriedades fibrosas como trigo, milho, aveia, centeio

Você deve evitar: Carne vermelhas, bebidas alcoólicas,  gasosas,  condimentos picantes (catchup, mostarda, etc...) e alimentos fritos.

 

Os tratamentos naturais podem ser complementados com muitos outros tratamentos ou terapias que vão ajudar na desintoxicação, na alcalinização e na regeneração do organismo, consulte sempre um nutricionista para instruções em uma mudança de alimentação.

Se isso funciona? Claro! Substituir com responsabilidade os produtos que não fazem bem ao nosso corpo e ter uma relação mais responsável com a alimentação além de trazer bem estar, traz longevidade e saúde para nossas vidas! Seja mais saudável, coma mais alimentos naturais!

 

Add a comment Add a comment

Dia Mundial do combate ao Diabetes

Hoje, dia 14 de novembro é o dia mundial do combate ao Diabetes, essa doença na maioria das vezes silenciosa merece nossa atenção não só hoje, mas como todos os dias. Por isso achamos interessante passar esse informativo para vocês, a nossa nutricionista colaboradora Tatiana Branco nos enviou esse texto para elucidarmos os pontos mais importantes referentes a essa doença.

O que é?

Diabetes é uma doença multifatorial, que pode acontecer em diferentes fases da vida de uma pessoa, por conta de um metabolismo alterado dos açúcares (carboidratos).

Quais os tipos?

Existem 3 principais. O diabetes tipo 1, que geralmente acontece na infância e se estende por toda a vida, e a pessoa depende do uso de insulina injetável. O diabetes tipo 2 geralmente acontece durante a vida adulta e terceira idade, por uma série de fatores de risco (alimentação errada, tabagismo, excesso de peso, hipertensão, falta de atividade física...) e não depende do uso de insulina. O terceiro tipo, é o diabetes gestacional, que coloca a mãe e o bebê em risco (precisa de acompanhamento durante toda a gestação e observação do bebê no pós parto), e faz com que nasçam os mega bebês (acima de 4Kg).

Quais os sintomas mais comuns?

Os principais sinais e sintomas que um diabético apresenta são: muita sede, muita urina (faz muito xixi, constantemente, inclusive acorda muito para urinar), apetite aumentado (e geralmente vontade de doces), e em casos mais extremos, dificuldades de cicatrização de feridas e cortes, perda de peso (mesmo em pessoas obesas ou que se alimentam excessivamente), cansaço.

Como eu sei se tenho diabetes?

Através da dosagem do açúcar presente no sangue (glicemia) e do teste de tolerância oral à glicose (curva glicêmica). Outros testes podem ser solicitados por seu médico ou nutricionista, para complementar o diagnóstico e qual será a linha de tratamento a ser seguida. História familiar (parentes de primeiro grau – pai, mãe, irmãos, avós) também é um forte indicativo para o surgimento de diabetes.

Como tratar o diabetes?

O mais importante antes de tratar é prevenir para que a doença nunca se manifeste. No caso dos diabéticos tipo 1, que dependem de insulina e normalmente nasceram assim, o acompanhamento clínico deve ser constante, com plano alimentar detalhado e conscientização. Para quem já abusou e se tornou diabético sem depender de insulina, os fatores de risco podem ser modificáveis, como eliminar o tabagismo, seguir uma dieta fracionada e balanceada - orientada por nutricionista, manter o peso corporal em uma faixa adequada (IMC dentro dos padrões de peso adequado apar altura e idade), e manter uma vida ativa.

 

Sobre o dia Mundial da Diabetes e onde fazer o teste

Para comemorar este dia, a ADJ Diabetes Brasil está organizando uma série de eventos em São Paulo com o objetivo de diagnosticar novos casos e conscientizar a população sobre a prevenção e o tratamento.

No dia de hoje, a campanha para detectar a doença estará na estação de metrô Brás realizando exames gratuitos e a ADJ Diabetes Brasil, em parceria com a Prefeitura vai iluminar de azul quatro monumentos da cidade: a Ponte Estaiada, o Monumento às Bandeiras, o Obelisco do Ibirapuera e o Arco do Viaduto do Chá. Não perca tempo, se você nunca fez um teste de diabetes faça, essa doença atinge atualmente 12 milhões de brasileiros. 

 

Para mais informações, visite os sites:

http://www.diabetes.org.br

http://www.diamundialdodiabetes.org.br/

http://www.diabetes.org.br

Add a comment Add a comment
Busca - Categorias
Buscar - Contatos
Buscar - Conteúdo
Busca - Fonte de Notícias
Busca - Weblinks

Perfil


Gabriela Fonte tem 24 anos, mora em São Paulo e é formada em Publicidade, mas se apaixonou pelo prazer de comer bem. Criou o CP1 em 2011 e toda semana é publicada uma nova receita!




    Cozinha pra 1 no Blogger        Cozinha pra 1 no Facebook        Cozinha pra 1 no Twitter        Canal do Cozinha pra 1 no YouTube   

 

 

 

 

_

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! 

Todas as receitas estão no Petitchef  

Uêba - Os Melhores Links LinkLog

Colmeia: O melhor dos blogs